Um bom curso a distância deve atender a vários atributos.
          Em primeiro lugar, a organização que o oferece precisa ter vínculo (experiência acadêmica ou profissional) nas áreas em que os cursosa são oferecidos porque essa experiência contribui para a organização dos conteúdos e mesmo para a escolha do (s) professor (es). Quando for optar por um curso a distância verifique se quem o está oferecendo tem relação direta ou indireta com essa área.
          Em segundo lugar, analise a trajetória acadêmica e profissional do professor. Para isso, você pode tanto acessar o seu currículo Lattes (coloque o nome do professor seguido de currículo Lattes no Google e terá acesso a estas informações), como verificar a sua produção (artigos, livros, projetos desenvolvidos, contribuição e atuação na área etc). Geralmente, pode-se fazer esta primeira consulta colocando o nome do professor na caixa de busca do Google.
          Em terceiro lugar, talvez seja razoável verificar se o responsável pelo curso tem experiência docente porque isso facilita no processo de ensino-aprendizagem. Bons profissionais muitas vezes não conseguem repetir a mesma performance enquanto professores.
          Em quarto lugar, você deve levar em conta os seus próprios objetivos enquanto futuro alunos de um curso a distância (a pergunta básica é: por que eu quero fazer esse curso?). A resposta a essa pergunta o (a) conduzirá à análise do programa do curso. Verifique se ele atende aos seus objetivos. Da mesma forma, reflita profundamente sobre a sua motivação: você quer fazer o curso apenas para obter um diploma ou certificado ou efetivamente para aprender coisas novas. A Comtexto, por exemplo, respeita os que desejam fazer os cursos apenas para a obtenção de um certificado, mas não programa os seus cursos para esses alunos porque, na prática, eles não nos interessam, não é o nosso objetivo. Não fazemos cursos para ganhar dinheiro ou oferecer diplomas. Preferimos que os alunos que agem desta forma procurem outras empresas ou entidades (há muitas no mercado). A gente por aqui gosta de pessoas motivadas e que vêem os cursos como forma de enriquecimento pessoal ou profissional.
          Em quinto lugar, analise as condições do próprio curso: como ele funciona, como é a disponibilização dos conteúdos, como é a interação com o professor e assim por diante. Verifique se a proposta do curso atende aos seus objetivos para que não se decepcione depois. O número de alunos de cursos a distância que desistem no meio do caminho é bastante grande, certamente porque ou não estavam efetivamente preparados ou motivados para este sistema de ensino-aprendizagem ou porque ficaram frustrados com determinadas condições do curso (programa, professor, interação etc).
          Leve em conta uma situação em particular: o professor responsável pelo curso está presente durante a sua realização? Esse dado é importante porque, no mercado, cada vez mais serão comuns cursos a distância que levam o nome de professores e profissionais que não estarão , na verdade, presentes no curso. Como checar isso? Pergunte, peça o telefone para contato com o professor, peça o e-mail particular dele. Estamos num país onde nem sempre as pessoas e as organizações agem de maneira ética e transparente. Não se surpreenda se entidades inescrupulosas estiverem inclusive usando indevidamente o nome de um professor ou profissional de prestígio para angariar alunos. Desconfie sempre: estamos num país que não é sério e que, em educação, infelizmente, tem permitido abusos de toda ordem.
          Finalmente, verifique a credibilidade da organização que está respondendo pelo curso. Há muita gente propondo cursos que depois não se realizam, sob a alegação de que há número insuficiente de alunos para a constituição das turmas. Anunciam dezenas de cursos que não se efetivam ou ficam mudando constantemente a data com o objetivo de arrebanhar mais alunos. Há muita picaretagem no mercado e é preciso estar atento (a) a estas armadilhas. Há muita gente prometendo o que não pode cumprir, como diplomas de MBA ou Especialização ou mesmo registro profissional de jornalistas.
          Os cursos da Comtexto são de extensão ou atualização profissional e nada tem a ver com especialização, pós-graduação ou coisa similar. Encare-os como os congressos e seminários acadêmicos ou profissionais com a vantagem de ter efetivamente conteúdos e não apenas, como em muitos casos, relatos ligeiros de casos, muitas vezes patrocinados por empresas que usam este espaço para formar imagem.
          Já começam a ser oferecidos bons cursos de especialização a distância, reconhecidos pelo MEC, sob a responsabilidade de universidades de prestígio e vale a pena fazê-los. Mas em geral esses cursos têm uma duração de 12 a 18 meses, em alguns casos exigem seleção dos candidatos ou mesmo têm uma parte presencial e, evidentemente, custam milhares de reais.
          Não acredite em Papai Noel ou em almoço grátis. Como diz o ditado, se a esmola for demais, o santo deve desconfiar do doador.
          Se você quiser saber um pouco mais sobre Educação a Distância, encontrará bom material na Web ou literatura atualizada nas principais livrarias (consulte por exemplo a Livraria Cultura). Veja por exemplo a Biblioteca Virtual de Educação a Distância (http://www.prossiga.br/edistancia/) que reúne um rico material e é de responsabilidade do Ministério de Ciência e Tecnologia, uma fonte, no caso, qualificada e confiável.

 

Leia também:
        O que é EAD >>
        As vantagens da Educação a Distância >>
        As desvantagens da Educação a Distância >>

 
 

Web design e hospedagem por @ms public